Quando a multa celebra, os melhores dos melhores se reúnem para dar um braço de apoio. Para comemorar o 400º aniversário do Château Lafaurie-Peyraguey, na França, está sendo realizada uma exposição de vinhos exclusiva. Único porque, provavelmente este é o primeiro barril de Lalique do mundo a ser exibido, cheio de 300 garrafas do Premier Grand Cru Classé Sauternes de 2013 no interior. O vinho usado no barril de 225 litros foi engarrafado anteriormente por dois anos, mas foi reaberto para enchê-lo. Tradicionalmente, um barrique é um barril de carvalho, mas o exposto no hotel e restaurante Lalique, que fica no coração do castelo, tem um substituto espetacular. O barrique é feito de cristal, criado pelo famoso designer de vidro francês Lalique.

A idéia para uma mudança tão comemorativa foi a do presidente e CEO da Lalique, Silvio Denz, que adquiriu o castelo em 2014. Doze habilidades diferentes de artesanato estavam envolvidas. notavelmente a técnica conhecida como fundição por cera perdida, praticada por René Lalique (fundador da marca de vidraria) até 1930, de acordo com um comunicado oficial. Outras marcas de excelência do joalheiro incluem a gravura no barrique do motivo “Femme et Raisins (Woman and Grapes)”, que ele criou em 1928 para os carros-cama de primeira classe no Côte d’Azur Pullman Express, e um efeito de geada aplicado a toda a superfície da peça para reproduzir um acabamento de “cetim repolido”.

Embora a requinte dela seja fascinante, o vinho ainda é comestível, por exemplo, porta-vozes da empresa. O barril permanecerá protegido em uma sala com ar-condicionado e, se alguém quiser experimentar, poderá. E se não, permanecerá lá para sempre ou até o apocalipse.

[Via: Elitetraveler ]

Source link

IDIOMA | LANGUAGE

PUBLICIDADE INTERNACIONAL

Advertisement

ESTATÍSTICAS | LIVE STATS

  • 8.351
  • 51.921
  • setembro 19, 2019
error: Content is protected !! Luxo Magazine . com